Colágeno tipo 2: Para que serve? Qual o melhor?

Existem vários tipos de colágeno. Os principais, entretanto, são designados Tipo I, Tipo II e Tipo III. O colágeno tipo 2 é encontrado predominantemente na cartilagem articular e é vendido em suplementos dietéticos como Colágeno 2 (proteína de colágeno tipo II desnaturado ou hidrolisado) ou como Colágeno não desnaturado tipo 2 (também conhecido como nativo).

Neste artigo, saiba todas as informações sobre o Colágeno 2: para que serve, benefícios e mais! Acompanhe 😉


O que é colágeno tipo II e que papel ele desempenha no corpo?

O colágeno tipo II é um tipo de proteína encontrada apenas no tecido da cartilagem. É parte de uma matriz compacta de fibrilas e fibras do corpo. É a substância que dá à cartilagem sua resistência à tração e elasticidade padrão.

A cartilagem é uma parte importante da funcionalidade das articulações, uma vez que:

  • conecta ossos;
  • permite que o tecido suporte o estresse mecânico;
  • atua como um amortecedor;
  • atua como lubrificador, permitindo que os ossos conectados se movam sem atrito.

Portanto, o colágeno tipo 2 é um componente chave da saúde das articulações. Entenda melhor a seguir!

Como a suplementação de colágeno tipo 2 pode ajudar na saúde das articulações?

Tomado regularmente em doses baixas, o colágeno tipo 2 hidrolisado pode reduzir a inflamação nas articulações e promover a lubrificação, o que ajuda a proteger a cartilagem da degradação, estendendo assim sua durabilidade. Também pode ajudar a reduzir a inflamação sinovial na articulação do joelho.

Para aqueles que já têm problemas nas articulações, adicionar colágeno tipo 2 à rotina pode ajudar a reduzir o inchaço e a rigidez, o que, por sua vez, significa menos desconforto e mais mobilidade.

E para os consumidores preocupados com a saúde que buscam soluções preventivas, pode ajudar a manter uma boa saúde das articulações por toda a vida.

Colágeno tipo 2 nos suplementos

A ciência é promissora. O colágeno tipo 2 está emergindo como um ingrediente de última geração para fabricantes de suplementos naturais para a saúde das articulações. Isso significa que a indústria está em melhor posição para ajudar os três principais grupos de consumidores a resolver seus problemas.

Para os idosos saudáveis, isso significa que eles podem gostar de envelhecer sem o fardo de uma má saúde das articulações.

Para os desportistas, uma cartilagem melhor lubrificada significa melhor desempenho, tempo de recuperação mais rápido e desenvolvimento mais rápido. Também pode ajudá-los a mitigar os fatores de risco (em termos de saúde das articulações) associados à atividade esportiva intensa.

Para pessoas com sobrepeso, significa menos rigidez e desconforto, e melhor mobilidade, permitindo-lhes tornarem-se mais ativos e reduzir o peso para um nível saudável, protegendo ao mesmo tempo as articulações a longo prazo.

As condições articulares geralmente estão associadas ao envelhecimento da população. No entanto, muitos jovens também se preocupam com a saúde das articulações. Os dois grupos principais desta categoria mais jovem são desportistas e pessoas com excesso de peso.

Hoje em dia, os suplementos de venda livre – que tendem a ser uma alternativa natural e mais segura aos analgésicos de longo prazo – são a abordagem comum para apoiar a saúde das articulações.

Até recentemente, os suplementos preferidos eram a glucosamina e a condroitina. No entanto, o surgimento do ‘colágeno tipo 2’ está mudando a forma como abordamos a suplementação de saúde articular.

Antes de examinarmos o que é o colágeno tipo 2 e o papel que ele desempenha no corpo, vamos considerar os três principais grupos de consumidores para a saúde das articulações e examinar os problemas que eles enfrentam.

Leia Mais: Manchas na Pele: Tudo o que você precisa saber

Os três principais grupos de consumidores da saúde articular

Idade Saudável

É oficial. O mundo está envelhecendo. Esta nova geração de pessoas é caracterizada por uma consciência educada sobre a importância de estilos de vida ativos e nutrição; ou seja, a geração atual está buscando ativamente maneiras de melhorar sua saúde para que possam desfrutar da velhice.

Eles querem permanecer ativos enquanto puderem. Esse tipo de consumidor é conhecido como ‘idoso saudável ‘.

No entanto, a consciência educada vem com a dolorosa compreensão de que quanto mais você envelhece e quanto mais ativo você se torna, maior é a probabilidade de desenvolver problemas nas articulações. E esse é o problema: o próprio processo de envelhecer e ficar ativo provoca desgaste natural nas articulações, principalmente na cartilagem.

Armados com esse conhecimento, as pessoas ​​estão buscando ativamente medidas preventivas para proteger sua cartilagem da degradação. E é aí que entra o colágeno tipo 2!

Leia Mais: Cuidados com a pele: Guia completo com Cronograma

Desportistas

Esse grupo de consumidores se expandiu significativamente nos últimos anos. Não é mais o privilégio de um público de nicho. A geração do milênio é bem informada sobre questões de saúde. Eles tendem a amar o conceito fitness. Esse entusiasmo por ser ativo contribuiu para um aumento no número de pessoas que praticam esportes regularmente.

No entanto, é sabido que os desportistas têm maior probabilidade de sofrer de doenças articulares precoces. Isso ocorre porque exercícios pesados ​​e repetitivos colocam uma carga extra nas articulações, o que pode causar rigidez articular, inflamação e degradação do tecido da cartilagem.

Portanto, este grupo de consumidores está procurando ativamente maneiras de apoiar suas articulações. É por isso que a nutrição esportiva está se expandindo rapidamente, não apenas entre os atletas profissionais, mas também entre a população em geral, que está cada vez mais ativa como forma de se manter em forma e saudável.

Pessoas com excesso de peso

Em 2016, a Organização Mundial da Saúde informou que 39% dos adultos estão com sobrepeso, o que equivale a 1,9 bilhão de pessoas, das quais 650 milhões são obesas. E, de acordo com a pesquisa, ser obeso significa que tem quatorze vezes mais probabilidade de desenvolver problemas nos joelhos.

É física simples. Quanto mais peso a articulação precisa suportar, mais tensão ela é submetida, levando à degradação da cartilagem e inflamação. Torna-se um ciclo vicioso para pessoas com sobrepeso. Eles querem ficar ativos para perder peso, mas quando o fazem, isso causa o tipo de desconforto que pode impedir uma pessoa de ser mais ativa.

Portanto, este grupo de consumidores está procurando formas suplementares de apoiar a saúde das articulações, permitindo-lhes sair, ser ativos e atingir uma faixa de peso saudável.

Colágeno Tipo 2: como funciona a ingestão?

A administração oral de colágeno tipo 2 é usada para reduzir os sinais clínicos de osteoartrite, principalmente. A maior parte do colágeno de frango tipo 2 encontrado em suplementos dietéticos é desnaturado ou hidrolisado, o que significa que alto calor e / ou produtos químicos foram usados ​​para processá-lo.

Esses processos alteram fundamentalmente a estrutura molecular da proteína, tornando o colágeno ineficaz como imunomodulador. O colágeno tipo 2 não desnaturado (nativo) é feito usando pouco ou nenhum calor e um processamento muito limitados – apenas o suficiente para concentrar o colágeno e torná-lo solúvel.

O processo de fabricação do colágeno não desnaturado tipo 2 garante que o colágeno permaneça biologicamente ativo em sua forma de hélice tripla mais nativa, com sua capacidade imunomoduladora privilegiada intacta.

Leia Mais: Ácido Salicílico: O que é? Para que serve?

Propriedades do colágeno tipo 2

As consequências do colágeno tipo 2 para a saúde das articulações foram demonstradas em ensaios clínicos em equinos versus o “padrão da indústria”, glucosamina e sulfato de condroitina.

Conforme os resultados obtidos, colágeno tipo 2 contém regiões estruturais específicas chamadas epítopos encontrados na hélice tripla intacta que permitem uma interação privilegiada e natural com o trato digestivo e seu sistema imunológico intimamente associado.

O mecanismo é chamado de “tolerização oral” ou “imunossupressão seletiva” e consiste na administração de um antígeno para alterar a resposta do sistema imunológico: ele reverte o efeito nocivo do sistema imunológico nas articulações responsáveis ​​pela osteoartrite (cartilagem destruição, dor, inflamação).

Leia Mais: Rotina Skincare: O que é? Para que serve? Como fazer?

Em resumo

Assim, o colágeno tipo 2, como falamos acima, é recomendado para um grande número de pessoas, seja atletas cujas articulações são altamente solicitadas, seja jovens querendo prevenir a saúde das articulações.

Além disso, também pode desempenhar um papel importante quando administrado em pessoas acima do peso e com dificuldade de mobilidade articular. Administrado no início, enquanto as articulações ainda estão saudáveis, pode reduzir ou eliminar a necessidade de intervenção com medicamentos convencionais que podem ter efeitos colaterais negativos.

Esperamos que este artigo tenha ajudado! Não deixe de compartilhar 😉

Bumbum Cream: cuidado que você merece

Ah, e já que estamos falando de bem-estar e autocuidado, conheça nosso cosmético especial para pele: o BumbumCream. Esse produto ajuda a potencializar os resultados – que com certeza virão se você combinar uma boa alimentação, Yoga e cuidados estéticos.

O BumbumCream é um creme regenerador com o conceito do BB Cream, produto popular na maquiagem feminina. Ele promove um tratamento de celulite, estrias, foliculite e outros problemas de pele desde a primeira aplicação. 

Então, o que está esperando? Experimente e conta para gente como funcionou para você!

More Reading