Vitamina C: Tudo que você precisa saber – Bumbum Cream

Sempre ouvimos falar de vitaminas e especialmente da Vitamina C, especialmente porque ela é encontrada em muitos alimentos do dia a dia. A vitamina C é um nutriente de que nosso corpo precisa para funcionar adequadamente.

Suas várias funções são importantes para cada um de nós, mesmo que nem sempre percebamos sua abrangência. Pensando nisso, reunimos tudo o que você precisa saber sobre o assunto neste artigo!


Vitamina C: benefícios, dosagem e usos

Também chamada de “ácido ascórbico”, a vitamina C desempenha vários papéis importantes no funcionamento do corpo humano. Suas ações dizem respeito a diversas funções do corpo e se estendem a todos os níveis: do cérebro à pele, incluindo o sistema respiratório.

A vitamina C faz parte das chamadas “vitaminas solúveis em água” (solúveis em água), como os ácidos fólicos ou as vitaminas do grupo B. Portanto, isso significa que o corpo não pode armazená-la: ela é eliminada naturalmente todos os dias pela urina.

Exatamente por isso é essencial ter uma ingestão diária suficiente, especialmente por meio de nossa dieta. A boa notícia é que várias fontes de vitamina C existem na natureza!

Ela é encontrada em plantas, ou seja, frutas e vegetais. Vários processos corporais dependem de nossa ingestão diária de ácido ascórbico. E os papéis da vitamina C são de extrema importância!

Funções da vitamina C no corpo

Poucas vitaminas desempenham tantas funções no corpo. A vitamina C é, portanto, particularmente importante, especialmente por causa da diversidade das funções que desempenha e seu efeito na nossa saúde geral.

Em primeiro lugar, podemos citar sua ação sobre o cansaço mental e físico, que é um de seus maiores pontos fortes. Seu consumo é fundamental para manter a forma ao longo dos dias.

Por outro lado, seu papel no funcionamento psicológico é importante, pois participa da produção de neurotransmissores como a norepinefrina e a dopamina. Também promove a síntese de colágeno, que é uma proteína encontrada nos ossos e na pele.

Por fim, a vitamina também é fonte de produção de carnitina, substância que permite às células usar a gordura como fonte de energia.

Os benefícios da vitamina C

Além disso, a ação antioxidante da vitamina C nos ajuda a combater os radicais livres e seus efeitos nocivos à saúde. Estes aceleram o envelhecimento das células, que é um processo favorável ao desenvolvimento de certos cancros, várias doenças cardiovasculares, cataratas e também a maioria das doenças neurodegenerativas.

O ácido ascórbico promove a absorção de ferro de fontes vegetais pelo corpo. É por isso que muitas vezes é recomendado consumir fontes de vitamina e ferro vegetal juntos, como acerola e espirulina, por exemplo.

Por fim, e não é um papel menor: a vitamina C participa do reforço geral do sistema imunológico. Garante o bom funcionamento e a produção suficiente de glóbulos brancos no corpo. Desta forma, a vitamina ajuda-nos a combater as doenças (bacterianas, virais…) e as agressões externas.

Assim, além de manter nossa forma física e mental, essa vitamina é ideal para prevenir os males do inverno. Os sistemas defensivos reforçados permitem lutar contra os ataques externos, mas também recuperá-los mais rapidamente. Com uma ingestão suficiente de vitamina C, nosso corpo fica mais forte.

Permite sentir-nos bem, e até mesmo em ótima forma face ao stress e cansaço que podemos acumular. Mas também influencia em níveis menos visíveis, como no funcionamento do sistema nervoso, por exemplo. Podemos, portanto, afirmar que esta vitamina participa na manutenção de um bom estado geral de saúde no ser humano.

As melhores fontes de vitamina C


Existem diferentes fontes de ácido ascórbico, mas nem todos são digeridos de formas iguais. Muitas vezes, um copo de suco de laranja pela manhã não é a única opção! A laranja é a fonte mais conhecida de vitamina C, mas não é a mais interessante. Entenda!

Leia Mais: Cravos e espinhas: O que causa? O que é bom?

Frutas e vegetais

As frutas são alimentos muito ricos em vitaminas. Alguns contêm mais, como rosa mosqueta, acerola, baga de espinheiro ou groselha preta. Também é encontrada no kiwi, lichia, morango, mamão, laranja e limão. Entre as frutas, podemos citar também manga e toranja.

Do lado de vegetais e plantas, também existem algumas fontes interessantes de vitamina C, como pimentão, brócolis, salsa, espinafre e repolho roxo. Incorporar todos esses alimentos em uma dieta saudável e balanceada pode ser o suficiente para obter vitamina suficiente.

Mas se você está contando apenas com sua dieta, ela deve sempre incluir frutas e vegetais saudáveis!

Suplementos alimentares de vitamina C

Outra solução para atender às suas necessidades diárias de ácido ascórbico é a suplementação. Bem escolhidos, os suplementos alimentares são elementos naturais para trazer mais equilíbrio à nossa alimentação.

Eles podem ser o suporte de escolha, em particular para pessoas que têm maiores necessidades de vitamina C, como mulheres grávidas ou amamentando, idosos, atletas e fumantes.

Em alguns casos, tomar suplementos alimentares é essencial. É muito fácil ingerir vitamina C na forma de suplementos alimentares à base de acerola, por exemplo.

Basta seguir as instruções do produto e cumpri-las. No entanto, é recomendável optar por uma vitamina C lipossomal por ser uma das formas mais assimiláveis ​​pelo organismo.

Como consumir vitamina C?

Como consumir vitamina C em quantidades suficientes? Em primeiro lugar, é importante lembrar que nem todos temos as mesmas necessidades. Os bebês precisarão de 50 mg por dia, enquanto as crianças de um a três anos precisarão de 60 mg por dia.

Crianças de quatro a seis anos devem consumir 75 mg de vitamina C por dia, e crianças de sete a nove anos consomem 90 mg. Por fim, crianças de dez a doze anos devem consumir 100 mg por dia, quase tanto quanto adolescentes e adultos não fumantes e não atletas (110 mg).

Mulheres grávidas e lactantes têm necessidades respectivas mais altas, que são 120 mg e 130 mg. Os idosos devem se assegurar de que consomem 120 mg de vitamina C todos os dias. Mas as pessoas que precisam das maiores quantidades são os fumantes, que precisam fornecer 130 a 140 mg de vitamina C ao corpo todos os dias.

Atletas que treinam mais de três horas por semana devem consumir entre 50 e 100 mg a mais do que a dose recomendada (160 – 250 mg).

Possíveis sinergias

É possível potencializar a ação da vitamina C sobre outros elementos, e vice-versa, combinando-os. Por exemplo, essa vitamina otimiza a absorção de ferro de fontes vegetais. Neste contexto, associamos uma fonte importante de vitamina a uma fonte de ferro de origem vegetal ao ingeri-los em conjunto.

Mas as ações antioxidantes do ácido ascórbico também podem estar associadas às da vitamina E e da vitamina A. Assim, nosso corpo se beneficia de uma sinergia real capaz de se livrar das toxinas e dos radicais livres.

Uma alimentação saudável e variada baseia-se neste princípio de combinação de nutrientes e diversificação. Não hesite em variar as fontes de vitamina C, como todos os outros tipos de nutrientes.

Separamos também para você um infográfico com alguns alimentos ricos em vitamina C. Confira!

Deficiências de vitamina C

Em alguns casos, é possível sofrer de deficiência de vitamina C. Hoje em dia, esse problema é muito facilmente tratado. Mas é importante evitá-lo com uma ingestão diária suficiente. Quer sejamos desportistas ou não, fumantes ou não, crianças ou adultos: o consumo adequado de vitamina é essencial. Aqui está o porquê:

As causas da deficiência de vitamina C

Existem várias causas possíveis para a deficiência ou deficiência de vitamina. A primeira é o consumo de certos produtos, como álcool e tabaco. As pessoas afetadas têm uma necessidade maior de ácido ascórbico, que devem, portanto, ser satisfeitas.

Por outro lado, uma dieta desequilibrada ou insuficiente também pode promover a deficiência ou deficiência de vitaminas. O consumo insuficiente de frutas e vegetais pode ter tais consequências.

Além disso, a desnutrição que atinge muitos idosos costuma ser a causa da carência de vitamina C, assim como a prática intensiva de um esporte. Por fim, o estresse também pode influenciar nossas necessidades de vitamina e gerar deficiências.

Sintomas e consequências da deficiência de ácido ascórbico

Os sintomas mais comuns da deficiência de vitamina C são fadiga, falta de ar aos esforços, dores musculares, sonolência, resistência reduzida a infecções e pele seca. Uma ligeira deficiência é a mais comumente encontrada e pode ser tratada rapidamente tomando vitamina com mais frequência.

Por outro lado, embora seja muito mais raro hoje em dia, a deficiência de vitamina pode ter repercussões terríveis. Aos primeiros sinais de deficiência ou insuficiência, é importante consultar o seu médico e implementar medidas de reposição!

Leia Mais: Alergia na pele: Tudo o que você precisa saber

Muita vitamina C é prejudicial?

Embora seja necessário consumir o suficiente, não deve ser consumido em excesso. Isso ocorre porque o corpo elimina o excesso de vitamina C pela urina. Mas é importante não consumir mais do que 1000 mg além da dose diária recomendada, ou 1110 mg para um adulto não fumante e não atleta.

O excesso de vitamina C costuma ser a causa da formação de cálculos renais. Também pode piorar os casos de hemocromatose e causar graves problemas de digestão.

Em resumo

A vitamina C é essencial para todo ser humano e, portanto, devemos consumi-la em quantidades suficientes e não em excesso. O ácido ascórbico é encontrado principalmente em frutas e vegetais. Devemos, portanto, adotar uma dieta balanceada para nos beneficiarmos de uma ingestão suficiente de vitamina. Mas esse também é o caso para todos os outros nutrientes!

Se você gostou deste artigo, não deixe de acompanhar nosso blog! Lá, falamos sobre o universo feminino, cuidados com a pele e a saúde, dicas de bem-estar e muito mais 😉

Não deixe de conferir!

Bumbum Cream: cuidado que você merece

Ah, e já que estamos falando de bem-estar e autocuidado, conheça nosso cosmético especial para pele: o BumbumCream. Esse produto ajuda a potencializar os resultados – que com certeza virão se você combinar uma boa alimentação, Yoga e cuidados estéticos.

O BumbumCream é um creme regenerador com o conceito do BB Cream, produto popular na maquiagem feminina. Ele promove um tratamento de celulite, estrias, foliculite e outros problemas de pele desde a primeira aplicação. 

Então, o que está esperando? Experimente e conta para gente como funcionou para você!

More Reading